7 lançamentos de livros picantes para te inspirar na cama

29 de janeiro de 2015 notícias 0 Comments

Enquanto o tão esperado filme da trilogia de 50 Tons de Cinza não estreia, Enquanto o tão esperado filme da trilogia de 50 Tons de Cinza não estreia, as novidades do gênero erótico continuam bombando nas livrarias. Com o sucesso do livro, muitos lançamentos picantes e envolventes estão previstos para o mês de fevereiro. Com mais romance, cenas de paixão tórridas ou até triângulos amorosos, existem opções para todos os gostos! Confira alguns trechos quentinhos dos livros que chegam neste mês:

 

POSSUÍDA, SYLVIA DAY

 

Sobre o que é: a autora de grandes sucessos do gênero erótico no mundo agora apresenta uma nova história picante, com toques da época Medieval. Sapphire é a amante mais fiel do Rei de Sari, recusando-se a ficar com outros homens. Até que o arrogante Wulfric cruza o seu caminho e tudo começa a mudar…

 

Leia um trecho:

 

“Mas foi o seu olhar – feroz e determinado – que mais a excitou. O efeito que ele causava nela era potente e envelhecia como um belo vinho, tornando-se mais forte com o passar do tempo.

 

– Eu farei amor com você agora. – o tom de Wulf era como um sensual sussurro. Ele usou a mão para apanhar um seio, o polegar raspou sobre o mamilo – Depois nós iremos conversar sobre nosso futuro juntos, e você não sairá deste quarto até eu dizer aquilo que tenho para dizer. Entendido?”

 

 

EXPOSTA – APENAS UMA NOITE PARTE II, KYRA DAVIES

 

Sobre o que é: o livro dá continuidade ao romance tórrido de Robert Dade e Kasie, dois estranhos que experimentam o frenesi do sexo. Porém, tudo pode mudar quando o noivo dela descobre sobre a traição.

 

Leia um trecho:

 

“Eu deveria ter me lembrado dos meus compromissos antes de liberar meu corpo para Robert naquela noite em Las Vegas. Mas Robert libertou meu lado animal, fazendo-me cravar as unhas nas costas dele e morder seu pescoço. Eu não sabia que tipo de fera existia em mim. Não compreendia o caos que isso poderia desencadear. Mas, mesmo assim, foi um caos tão doce… Como tomar sorvete depois de uma vida inteira de regime. Quantas vezes tentei dizer adeus a Robert Dade? Em Las Vegas, em seu escritório em Santa Monica, pelo computador… E todas as vezes acabei sem ar, nua, tocada pelas mãos e pelos olhos dele. Robert só precisa dizer meu nome: Kasie. Só isso. É o que basta para me deixar trêmula. ‘Kasie’, murmura ele, e eu vibro.”

 

 

DESTRUA-ME, J.L. MAC

 

Sobre o que é: em um intrigante jogo de amor e ódio, Josephine Geroux se envolve com Damon Cole, um desconhecido que a atormenta e fascina de maneira incompreensível.

 

Leia um trecho:

 

“O Sr. Gostoso e misterioso inclina a cabeça de lado e me avalia com inquisitivo interesse. Um tom de rosa vem à tona em suas bochechas. Ah-ha! Ele está atraído por mim também. Acho que eu poderia viver um descontraído caso de uma noite com este espécime do sexo masculino, em especial.

 

– Não, Jo. Acho que não.

 

A maneira como ele disse o meu apelido preferido me faz pensar em todas as coisas safadas que eu poderia fazer para ele, dada a possibilidade de um encontro. Eu não costumo ter relacionamentos, mas gosto de sexo tanto quanto qualquer pessoa. Apesar da minha aversão a relacionamentos duradouros de qualquer tipo, eu transo muito.”

 

 

FICA COMIGO, KRISTEN PROBY

 

Sobre o que é: Luke Williams é um cara que está acostumado a ser reconhecido, querido e até perseguido. Quando encontra com Natalie Conner, uma jovem distraída, nasce uma paixão incontrolável pelo doce desconhecido.

 

Leia um trecho:

 

“Ele franze o cenho levemente, como se não quisesse dizer isso, mas, então, olha para mim com esperança. Diga que não, Nat. Vá para casa. Volte para cama. Mmmm… cama com Luke. Corpos suados, lençóis embolados, a cabeça dele entre minhas pernas, meu corpo se contorcendo enquanto eu gozo… Pare! Eu balanço a cabeça, tentando colocar a fantasia de lado, e me pego dizendo. – Não, obrigada. Tenho que ir.”

 

 

COM VOCÊ, LAURELIN PAIGE

 

Sobre o que é: o segundo volume da trilogia Fixed continua a tratar da história quente entre Alayna Withers e Hudson Pierce. Na trama, Alayna quer controlar seus desejos para ter uma relação amorosa mais profunda com Hudson e acaba procurando a ajuda da ex-namorada dele.

 

Leia um trecho:

 

“Mas eu sabia que ele levaria o tempo que quisesse, não adiantava reclamar de seu ritmo. E não havia nenhuma razão para fazer isso. Embora fosse um amante do tipo dominador, Hudson sempre concentrava sua atenção nas minhas necessidades, sempre me atendia da melhor maneira que ele podia. E, Deus, ele me conhecia bem, sabia como excitar o meu corpo, como saciá-lo, sabia me despertar e me amar, mesmo quando eu mesma não sabia.”

 

 

HOTELLES, EMMA MARS

 

Sobre o que é: o primeiro livro da trilogia promete trazer cenas mais intensas, mais quentes com Anabelle, uma escort que está noiva, mas descobre um mundo de fantasias sexuais inacreditáveis com o irmão de seu noivo.

 

Leia um trecho:

 

“Eu pensava nos bilhetes que vinha recebendo há algumas semanas, desde que encontrei na minha bolsa um caderninho em espiral de capa prateada, um caderninho em branco que uma mão anônima largara ali dentro ao esbarrar em mim no metrô. Colado no interior, o bilhete enigmático que, com uma caligrafia desconhecida, me alertava: Um estudo concluiu que os homens pensam em sexo cerca de dezenove vezes por dia. As mulheres, não mais do que dez. E você, quantas vezes se deixa invadir diariamente por esse tipo de pensamento?”

 

 

QUANDO UM HOMEM AMA UMA MULHER, BELLA ANDRE

 

Sobre o que é: no décimo volume da família Sullivan, a história de Mary Sullivan e Jack é descrita desde o início, que remete também ao surgimento da família. Envolvente, é a pedida ideal para reviver romances do passado!

 

Leia um trecho:

 

“- Nesse caso, vamos ter que cuidar dos negócios primeiro. – Mas ele esticou a mão na mesa para pegar na dela novamente e roçou o po­legar sobre a palma da sua mão. – E depois cuidaremos do prazer.

 

Ela precisou de todo o autocontrole para tirar a mão da dele e con­vencer a si mesma de que aquele era o melhor caminho. Em vez de se atirarem com tudo em um caso de amor quente que poderia queimar com a mesma rapidez com que se inflamava, eles teriam a chance de conhecer um ao outro melhor trabalhando juntos primeiro. E então, depois de terem concluído o trabalho, se as faíscas ainda estivessem en­tre eles, talvez pudessem começar inteiramente um novo tipo de relação.”

 

 

Fonte