Rapidinha: 4 dicas para transar no carro

24 de julho de 2014 notícias 0 Comments

Às vezes, o tesão é tanto que fica difícil se aguentar, e o casal acaba parando no meio do caminho para, ali mesmo, dentro do carro, dar vazão a um desejo que parece incontrolável. Às vezes, era para ser apenas uma despedida após uma noite juntos, mas a coisa esquenta tanto, que a falta de conforto do espaço apertado do veículo perde a importância. Outras vezes, na falta de uma cama entre quatro paredes, os dois têm apenas o banco acolchoado do veículo para se divertirem como podem. Às vezes, é puro fetiche.

 

De qualquer forma, transar no carro é sempre uma aventura. O desafio é encaixar em uma boa posição no meio do aperto. Afinal, o espaço ali dentro é restrito, e há ainda um monte de empecilhos no meio, para se desvencilhar – freio de mão, volante, painel, espelho. A sensação de privacidade e segurança que se tem lá dentro engana. Mas a falta de espaço nem chega a ser um impeditivo quando se está juntinho.

 

Quem já se empolgou dentro de um veículo estacionado na rua até os vidros esbaçarem sabe: é emocionante.

 

1. Preliminares em movimento

 

Qualquer passeio de carro fica mais gostoso se rola uma troca de carícias com quem está no banco do passageiro. Se o carona se empolgar, o trajeto pode ficar ainda mais interessante: dá para masturbar o motorista, enquanto dirige, dar beijos ao seu pescoço, lamber sua orelha direita, passear com a mão em seu tórax e até fazer um strip para esse assistir de rabo de olho. Um clássico que nunca perde a graça é o boquete durante o sinal fechado – altamente instigante.

 

 

2. A escolha do local

 

Muitos se excitam com o perigo, mas na hora de estacionar o carro para deixar rolar a pegação, todo cuidado é pouco. Se flagrado pela polícia, o casal pode ser levado para a delegacia, ou até ir preso. Por isso é bom parar em um lugar afastado, onde não passa muita gente. Porém, meter-se em um parque deserto à noite já é arriscado demais. Seja como for, o ideal é não se prolongar muito, o que deve minimizar os riscos. Também é recomendável não tirar a roupa toda, para ficar mais fácil de fugir diante de uma ameaça – não esqueçam que vocês estão em um local público e em posição vulnerável, da qual oportunistas podem se aproveitar.

 

 

3. Bancos para baixo

 

O sexo oral nas garotas rola mais fácil ao se reclinar totalmente os bancos da frente. Depois dá até para engatar um papai-e-mamãe ou alguma posição de ladinho. Caso queiram mais conforto, vale pular para o banco de trás. O espaço ali vai ficar ainda mais valorizado ao se baixar o encosto, quando ele se transforma numa pequena cama.

 

 

4. Ela por cima

 

Os bancos da frente são ideais para as posições em que a mulher fica por cima, com o homem sentado. O próprio volante pode servir de apoio, caso ela se sente de costas ao colo dele.

 

 

 

Quando há tesão, no final das contas, tudo se encaixa.

 

 

 

Fonte